Pecém sedia oficina de interações estéticas e video ambiental

IMG_2340Durante os dias 3, 4 e 5 de junho foi realizada uma oficina de interações estéticas e vídeo ambiental na Escola de Ensino Fundamental Euclides Pereira Gomes. As aulas foram ministradas pelo professor de cinema e realizador Alex Fedox, que expôs uma seleção de vídeos realizados de forma independente que problematizavam a questão ambiental na costa litorânea do Ceará.

A turma, formada por jovens estudantes de 7 a 17 anos, aprendeu conceitos básicos de linguagem cinematográfica a partir de exercícios práticos em sala de aula, utilizando-se de câmeras cybershot e pequenas filmadoras handycam. A ideia era de que os alunos reconhecem os elementos que compõem o quadro imagético na prática, além de exercitarem roteiros de documentários sob supervisão do professor em sala de aula. Após o preparo, os alunos fizeram um pequeno documentário sobre conscientização ambiental na cidade, entrevistando alguns professores da escola, além de moradores do entorno e turistas praianos. Continue lendo

Crato é sede de oficina de interações estéticas e realiza experimento em videodança

photo_2Durante os dias 14 e 15 de maio foi realizado uma oficina de interações estéticas em audiovisual no bairro do Gesso, situado na sede do município de Crato, a 567 km de distancia de Fortaleza-CE. As aulas atenderam os alunos formados pelo Projeto Nova Vida, entidade não-governamental e sem fins lucrativos que insere jovens moradores em comunidades de baixo IDH em ações formativas em dança, teatro e artesanato, além de oferecer acompanhamento social e profissional diversificado.

O curso foi ministrado pelo professor e realizador Júlio Figueroa (mestre em Comunicação e Cultura pela Universidade Federal da Bahia), que orientou a turma de jovens bailarinos da instituição para experiências aplicadas em videodança. Com isso foram exibidos uma variedade de filmes de referencias, entre eles obras de Maya Deren e Pina Bausch. Com base nesse referencial estético, foi solicitado aos alunos um experimento audiovisual que pudesse dialogar com o espaço da comunidade, tendo como fio condutor o diálogo sobre a problematização do meio ambiente. O exercício intitulado “Em movimento” partiu de intervenções de dança improvisadas nas proximidades do trilho férreo de Crato, onde costuma-se notar o avanço da poluição ambiental. Continue lendo

Iparana é sede de oficina de Cinema de Animação Experimental

photo_19Na primeira semana de abril foi realizada uma oficina de Cinema de Animação Experimental em Iparana (Caucaia/CE), com a participação dos cineastas Diego Akel (Akel Estúdio) e Josimário Façanha (Núcleo de Cinema de Animação da Casa Amarela Eusélio Oliveira – NUCA). O perfil dos participantes era diverso, entre mulheres artesãs atendidas pelo ponto de cultura Maria Vem com as Outras, e senhores jardineiros que participam do projeto Horto Medicinal, do SESC Iparana. Muitos deles nunca passaram pela experiência da sala escura em suas vidas.

O método aplicado durante toda a oficina foi colaborativo, no qual os participantes foram estimulados a serem protagonistas do processo. Com base nos conceitos e referências mostrados, os alunos foram instruídos a coletar imagens fotográficas e utilizando câmeras digitais, a fim de se compor um filme de animação com o material reunido de todos, em técnica de Stop Motion. Antes, os alunos assistiram um apanhado de referencial teórico com ilustração de alguns dos melhores filmes do cinema de animação mundial, entre eles os aclamados “The Bead Game”, do indiano Ishu Patel, “Guzik”, da polonesa Teresa Badzian, e “Dimensions of Dialogue”, do checo Jan Svankmajer. Continue lendo

Umirim é sede de oficina de interação estética em cinema de animação

umirim2Durante os dias 12 e 13 de março, jovens alunos secundaristas de diversos distritos rurais de Umirim participaram da oficina de Cinema de Animação realizada em parceria com o ponto de cultura Irradiando na Web, com a Fundação Joana Gomes da Silva e com o Centro Popular de Cultura e Eco cidadania – CENAPOP.

Ministrada pelo cineasta de animação Fernando Santos, a oficina trabalhou a conscientização sobre o meio ambiente a partir da problematização dos costumes, valores e tradições que acarretam a constante poluição na cidade. O objetivo da oficina foi cultivar o autoconhecimento dos alunos, desenvolvendo um pensamento crítico social sobre seus hábitos ambientais. A fim de propagar a experiência de ser e estar no mundo de maneira criativa e autodirigida, realizando todo seu potencial como ser humano na construção de um mundo integrado e sustentável com o meio-ambiente. Continue lendo

Pentecoste é sede de oficina de vídeo ambiental

pentecoste01Durante os dias 04 e 05 de março, jovens alunos de Pentecoste participaram da oficina de Vídeo Ambiental realizada em parceria com o Ponto de Cultura Irradiando na Web e com o Centro Popular de Cultura e Eco-cidadania – CENAPOP.

Ministrada pelo antropólogo Salvino Lobo, a oficina “Interações Estéticas e Vídeo Ambiental” levantou discussões sócio-culturais a partir de problemáticas oriundas do desmantelo ambiental diagnosticado por moradores de regiões próximas ao esgoto da cidade, além das comunidades ribeirinhas ao Rio Curu.

A fruição audiovisual, desencadeada pela exibição e discussão de filmes ambientais, se efetivou com a realização de exercícios práticos em fotografia e captação de imagens em mídias portáteis. A base prática de toda a oficina foi a utilização da linguagem audiovisual como ferramenta para elaboração de um mapa socioambiental da região pesquisada, resultando no documentário “A água que nos falta”, concebida e realizada inteiramente pelos alunos da oficina. Continue lendo

Canindé sedia oficina de cultura digital na região Sertão Central do estado

Durante os dias 12 e 13 de janeiro, membros de pontos (e do pontão) de cultura, artistas e trabalhadores(as) rurais sem-terra do município de Canindé participaram da oficina de cultura digital realizada em parceria com o pontão de cultura Terra Viva Terra de Arte.

A atividade tinha como foco a comunicação em rede num diálogo de aprendizado colaborativo através da gestão do portal do pontão de cultura, além da articulação rizomática através das listas, fóruns e redes sociais.

A oficina foi uma realização do Centro de Assessoria Popular Caldeirão através do projeto Esporo de Cultura Digital Casa de Bits.

O referido projeto foi premiado no edital de Cultura Digital 2010 do Ministério da Cultura. Continue lendo

Amontada sedia oficina de cultura digital na região Litoral Oeste do estado

Durante os dias 19 e 20 de dezembro, membros de pontos de cultura e músicos do município de Amontada participaram da oficina de cultura digital realizada em parceria com o ponto de cultura Abrindo Velas e Pescando Culturas.

A atividade tinha como foco a de gestão da estrutura física num diálogo de aprendizado colaborativo através das listas, fóruns e redes sociais.

A oficina foi uma realização do Centro de Assessoria Popular Caldeirão através do projeto Esporo de Cultura Digital Casa de Bits. O referido projeto foi premiado no edital de Cultura Digital 2010 do Ministério da Cultura. Continue lendo

Icó sedia oficina de cultura digital na região Centro-Sul do estado

Durante dois dias (17 e 18) de dezembro, membros de pontos de cultura, professores, músicos e produtores musicais do município de Icó participaram da oficina de cultura digital realizada em parceria com o ponto de cultura Criativa Musicalem uma escola pública da cidade.

A atividade tinha como foco levantar questões sobre o universo da música na era da pós-modernidade – num diálogo direto com o mercado e a internet.

A oficina foi uma realização do Centro de Assessoria Popular Caldeirão através do projeto Esporo de Cultura Digital Casa de Bits. O referido projeto foi premiado no edital de Cultura Digital 2010 do Ministério da Cultura.